9 de set de 2012

Evolua: Fuja da Teoria do "Se"

Esses dias bati um papo com uma pessoa muito próxima, que me disse que precisava emagrecer. Ela até que não estava tão gordinha assim, tinha só um pneuzinho aqui e algumas desgraçadas de umas celulites ali (moças, acho que "desgraçada" é um bom adjetivo para celulites, não ?!?!).
Aí já viu né, quando alguém me diz que quer alcançar algo, fico igual médium na porta de centro de umbanda, baixa logo o espírito do Coach em mim e já sinto vontade de ajudar a pessoa a chegar lá :) 
"Certo, você quer emagrecer, e o que você já está fazendo para alcançar o resultado esperado? Bom, até agora nada, me diz ela. 
E o que que falta para começar?"
Pronto, esta é a chave para os adeptos da Teoria do "Se" ligarem seus alertas e prepararem, mesmo que inconscientemente, seu arsenal de desculpas. Se eu tivesse dinheiro... Se eu tivesse tempo... Se essa  dorzinha na perna melhorasse ... Se eu tivesse aquele tênis com amortecimento especial para corridas... Se não estivesse  chovendo... Se a academia não fosse tão cara ... e por aí vai. São tantas desculpas que me dá vontade de sugerir que a pessoa escreva um livro do tipo 1.001 desculpas que você tem que dar antes de morrer.
A verdade é que todos nós temos muita dificuldade em admitir erros. "É mais fácil culpar os outros que assumir as próprias responsabilidades", diz a psicóloga Ana Maria Rossi, presidente da International Stress Management Association no Brasil (Isma-BR), em entrevista à Revista Você S.A.. 
O ser humano tende a ter comportamentos baseados em hábitos, não reparamos, mas é assim a maior parte do nosso dia, passamos o dia repetindo rotinas. O problema é que achar desculpas acaba virando um desses hábitos. Quando a gente menos espera passa a ser comum achar desculpas para tudo, inclusive para as conquistas que ainda não alcançamos. Há sempre uma justificativa prontinha a ser dita para não termos o emprego ideal, o corpo que queremos, a saúde que gostaríamos, fazer a viagem dos sonhos.
Aceitar que a responsabilidade por ainda não ter alcançado uma meta é exclusivamente nossa é muito difícil, mas é o primeiro e um dos mais importantes passos para o sucesso.
Tenho certeza que muitas coisas que fogem ao seu controle contribuíram para você não ter chegado lá até hoje, mas elas não me interessam. O que importa são as coisas que você fez, ou deixou de fazer, para não ter tido o sucesso em todos os campos da sua vida. Pare e reflita por alguns instantes, o que você fez até hoje que poderia fazer diferente para chegar lá? Das dietas que ficaram pelo caminho, dos empregos que não tinham o salário que você gostaria, dos amores imperfeitos, o que foi a sua parte da culpa? 
Comece mudando o que está em você que eu lhe garanto que as coisas ao seu redor começarão a mudar também.
Durante a próxima semana, o que você poderia mudar em você (não nos outros ;-)), mesmo que minimamente, que poderia fazer alguma diferença na conquista de uma de suas metas? Comece assim, bem devagar, afinal, uma escada se sobe degrau por degrau.
Esta texto foi útil para você? Então, compartilhe com outas pessoas que possam precisar, é só clicar no ícone da sua rede social preferida que está aqui no site.
Para terminar, divida seu aprendizado com todos nós deixando um comentário lá embaixo.

Um abraço e lembre-se sempre que Vencer é uma Escolha!
Aproveite para Curtir o Blog no facebook!

..............................

Sugestão de leitura para continuar evoluindo
O sucesso em 2 minutos e o experimento das flexões de braço.
A vida é feita de pacotes.







6 comentários:

  1. Gerônimo...

    Você sempre me surpreende... se depender de você, sempre vai encontrar uma forma de ajudar. Com certeza vai ser útil para muitos que entrarem no site. Para mim sempre é!

    Abraços amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Izabel, valeu mais uma vez pelas palavras de incentivo. Se valer a pena para uma única pessoa que seja, pra mim já tá bom!
      Um abraço forte e vida que segue!

      Excluir
  2. Show, Geronimo! Compartilhei no Facebook. Como está o atendimento com Coaching? Estou terminando de atender os pro-bono e iniciando a divulgação. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caramba Marcelle, que legal ver vc por aqui!
      O Coaching vai a passos largos, sou realmente apaixonado por isto. Gostaria de ter mais tempo para me dedicar ainda mais.
      Legal que vc está fechando os seus pro-bonos, vai me dando notícias, quero sempre saber do seu sucesso!
      Um beijo

      Excluir
  3. Olá Geronimo!! Tudo bem?
    Muito bacana! Quer coisa mais fácil do que transferir a culpa das nossas limitações para os outros?! Super importante desafiar as pessoas a evoluirem!

    Parabéns pelo texto.

    Grande abraço,

    Sidcley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Sid!
      cada vez que transferimos a responsabilidade para os outros perdemos uma grande oportunidade de evoluirmos ;)
      Tamo junto e valeu o comentário!

      Excluir

Atenção: na hora de "publicar" seu comentário, é preciso "selecionar o perfil" que você está usando para comentar. Se não tiver nenhum perfil, escolha a opção "nome / url" e em seguida escreva o seu nome.
Um abraço e até a próxima