31 de mar de 2013

No pain, no Gain. Sem dor não há vitória.

No pain, no gain.
Sem dor não há vitória.
Quem é lerdo não come pirão.
Quer moleza? Senta no pudim.
Antes que você desista de ler o post da semana achando que o blog foi invadido por algum vírus (rs), deixa eu parar por aqui e explicar melhor. Estou aqui em pleno domingo de páscoa, tempo chuvoso, crianças vendo o desenho da Dora, a Paty fazendo um bolo para mais tarde (e olha que já está cheirando) e pensei: hoje não tem como sentar no escritório, sozinho, para escrever a postagem da semana. 

Mas antes mesmo que esse raio de assombração da preguiça me alcançasse, lembrei de uma das frases que mais me impactaram na juventude, no pain, no gain. A história é a seguinte ...
há muito tempo atrás, assistindo um vídeo de futebol americano vi escrito na parede do vestiário a expressão no pain, no gain, que numa tradução livre seria o mesmo que sem dor não há vitória. E realmente entendi que mesmo os esportistas que fazem algo gratificante e realizador vivem 80% de dor e transpiração para colherem 20% de momentos de glória. 

Ligamos a televisão no domingo na parte da tarde e vemos os times de futebol entrando em campo, salários milionários, tv, fãs, glória, mas isto é a ponta do iceberg, nos bastidores aquelas pessoas suaram, se dedicaram a 8 horas de treino por dia, viagens intermináveis, incertezas, alguns precisam largar suas famílias aos 17 anos de idade para se mudar para uma cidade diferente e se ver tendo que enfrentar todas as dificuldades daquele mundo de fantasia.
O que estou querendo dizer é muito simples, usando a frase que ouvi muito do querido amigo David Nunes, não existe almoço de graça, se você tem um sonho na vida, prepare-se para lutar por ele. Prepare-se para persistir, pois aqueles que não topam pagar o preço, com certeza não receberão o grande prêmio. Qual é REALMENTE o tamanho do seu apetite pela vitória?
Dica de como chegar lá: Descubra o que fará você ter a determinação necessária, pois assim fica mais fácil de passar pela dor para conseguir chegar até a vitória. Pare agora, isto ... agora mesmo, pare de verdade e se pergunte: o que me faria pagar o preço para conseguir tudo o que quero na vida? 
Você pode ter respondido que é o orgulho que seu filho terá de você. Quem sabe o bem estar de ter os confortos que o dinheiro pode proporcionar. Pessoas queridas ou instituições de caridade que você poderá ajudar alcançando o seu sucesso. Viagens maravilhosas ao redor do mundo. Realizar os sonhos das pessoas que você ama, não importa, mas acredite que isto pode ser a chave do seu sucesso. 
Pegue um papel e escreva o que você quer realizar em cima, não importa o tamanho da dor que terá que passar. Em seguida, escreva a razão pela qual você topará pagar o preço. Deixe por perto, na carteira, na sua gaveta de roupa, colado na tela do computador, o importante é que você esteja sempre se lembrando daquilo que lhe faz querer ir adiante. 
Bom ... agora o cheiro de bolo pela casa está desesperadoramente bom. Vou ter que pagar o preço de parar por aqui e correr para pegar o meu pedaço :)
Se quiser seguir no assunto, deixe um comentário ou me mande um e-mail em coach@geronimotheml.com.br.
Um bom Coach pode lhe ajudar a entender e planejar como alcançar seus maiores sonhos. 
Lembre-se sempre que vencer é uma escolha!

Se gostou dessa postagem, aproveite para compartilhar no Facebook ou Twitter, é só clicar no ícone nesta página.


4 comentários:

  1. É meu amigo, as coisas também não acontecem por acaso. Quando recebi a mensagem do facebook sobre o blog e me deparei com essa frase, que muito uso mas ela é muito comum nos meios empresariais, confesso que não havia entendido, antes de ler o artigo,o contexto que ela se propunha. Pois bem, parece que realmente seu artigo foi feito para mim, pois nesse momento da minha vida profissional, 46 anos, conversando com minha família, decidimos repensar alguns aspectos da nossa vida profissional e pessoal. Podem perguntar: Mas o que isso tem a ver com o artigo? Pois bem, na vida existem riscos associados a tudo. Até para atravessar a rua existe risco. Se para atingir o seu objetivo você precisa atravessar a rua, pare, se organize, pondere o custo x benefício e vá em frente. Do contrário, tente se contentar em ficar onde está e ver as pessoas com coragem e determinação fazerem o que você tem vontade.
    Abraços Gloriosos
    David Nunes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. David, incrível como seu comentário agrega valor a postagem. Você está certíssimo sobre o risco e o quanto é importante avaliar todos os aspectos envolvidos, mas sempre tendo em mente que vencer é uma escolha e ficar onde está também é.
      Estou lendo, neste momento, A Tríade do Tempo, do Christian Barbosa e é bem legal a forma como ele trata a questão da gestão do tempo, de uma forma mais holística.
      Amigo, tudo que você fez na sua vida lhe trouxe até este momento ... exatamente agora ... lendo esta resposta. Mas o que vc fará daqui para frente é o que realmente fará a diferença nos seus próximos 5 anos de vida.
      Repense o que tiver que repensar, mas tenha sempre na frente o que é realmente importante para sua vida. Se você tivesse somente 24 horas de vida, o que realmente importaria? Essa é uma metáfora incrível para lembrarmos de tudo que é relevante na nossa vida.
      Um abraço bem apertado,
      Geronimo
      ps: tenho orgulho de ser seu amigo

      Excluir
  2. Tenho 42 anos e estou exatamente nessa fase "no pain no gain". Não é fácil, mas sem a ajuda profissional de um Coaching, provavelmente (no meu caso) eu não saberia reconhecer o que mais me motiva, planejar, focar e agir para alcançar o que quero. Tenho a sorte de poder contar com o um dos melhores profissionais de Coaching (Geronimo Theml)e "vamo que vamo".
    Greice Monteiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Greice, querida,
      a honra é minha de estar ao seu lado nessa travessia. Vejo toda sua melhora e evolução semanal.
      Com todo o pain (dor) que você está topando pagar, garanto que seu gain (vitória) será recompensador.
      Tamo 100% juntos!
      Vamoooooooooooooooooooo

      Excluir

Atenção: na hora de "publicar" seu comentário, é preciso "selecionar o perfil" que você está usando para comentar. Se não tiver nenhum perfil, escolha a opção "nome / url" e em seguida escreva o seu nome.
Um abraço e até a próxima